quinta-feira, 23 de julho de 2009

Amado Pai São Bento

cheirinho bom!





superação e desespero

Me surpreendo como algumas pessoas, após o rompimento de uma relação, se transformam.
Sinceramente, eu não entendo isso.

Parece que os anos em comum, o tempo de convivência desaparecem e a pessoa surta.

O PAdre Fábio fala que dentro de uma relação existe três pessoas: o Eu o ELE e o NÓS.
Eu imaginava que com o fim da relação acabariam o nós...mas não acaba tudo.

Eu tinha uma amiga que era frequentadora da Santa Missa, de vida religiosa constante que mal terminou a relação, o período de "luto" e foi no "axé qualquer coisa"; Tem coisa mais perdida que essas festa!?
UM verdadeiro antro de perdição onde impera o niguém é de ninguem.

Outra agora vai em "raves".
É um absurdo que os governos ainda permitam a realização dessas festas horrorosas. Que são movidas a drogas sintéticas pesadas e bebidas.
Ou alguém normal dança horas sob um sol escaldante e escutando "tum tum tum"?

A mudança atinge o álbum no orkut, janela de esposição da vida íntima. É como se mostrasse à sociedade toda: Estou livre, estou bem, etc.

Eu tenho pavor desse costume bárbaro, de que " o importante é viver a vida"

Não. O importante é bem viver a vida.

Ninguém é feliz assim. E uma hora a conta vai chegar.

Serão cobrados os porres, os beijos rifados a qualquer um, as relações sem compromisso e a falsa alegria de uma vida vazia.

Pra mim, isso só pode ser desespero.
Desespero de alguém que viveu um vida mentirosa com outro alguém e só agora se deu conta. E como não sabe quem é, incorpora novamente um personagem...

"O tipinho feliz"

terça-feira, 14 de julho de 2009





Cheirinho de bebê



Com a feliz notícia de que minha amiga, minha irmã Dilma está a espera de nosso João Pedro!

Já estou planejando as lembrancinhas!



Que venha cheio de saúde e bençãos do Céu nosso pequeno príncipe!

segunda-feira, 13 de julho de 2009

Um dia...

Um dia a gente acorda e percebe que a vida pode nos dar mais!
E o sol parece mais brilhante e tudo parece mais belo e vocÊ mais viva!
E esse é o dia em que você percebe que o amor está a sua volta e que você apenas tem que estender a mão para possui-lo.
O que você poderia fazer já foi feito, seus maiores esforços já foram percebidos, o plantio foi feito e é hora da colheita!
Eu imaginava que não saberia a hora certa, que teria dúvidas e que essas me paralizariam.
Mas aí...
Aí, as dúvidas me deram forças pra continuar, tornou-se combustível para percorrer o caminho!
É como se minha única certeza é de que algo deveria ser feito, um passo deveria ser dado, uma decisão precisava ser tomada!
UM dia, eu acordei e desejei mais.
Mais da vida, mais dos outros, mais de mim!

quarta-feira, 8 de julho de 2009

terça-feira, 7 de julho de 2009

Para uma anjinha!


Lembrancinhas





O primeiro passo e a continuidade do caminho

É difícil percorrer os longos quilômetros, as subidas íngrimes, o frio da noite, os perigos do dia, a estafa a dor.

Mas, acredito que o mais difícil, para a maioria das pessoas é dar o primeiro passo.
Sair do seu posto, da zona de esforço, e seguir rumo ao desconhecido é violento. E mais facil é deixar tudo como está, permanecnedo no lugar.

Outros porém tem a facilidade de iniciar o caminho, mas não tem a disposição de manter a caminhada, não tem o esforço empreendido na conquista do espaço, na permanência, na manutenção... Esse é o labor que exaure, pois não há mais o prazer do desconhecido e da surpresa, e o cansaço já se faz presente.

Não sei o qeu é pior... Os intempestivos, que estão sempre prontos para dar o primeiro passo, mas pouco preparados para o exercíccio da caminhada, ou àquele introvertido, que não se esforça sair de seu casulo e abrir as cortinas para um novo espetáculo.

Sei que é preciso sabedoria para o novo projeto e disciplina para a realização dele.

Começar é duro, saber continuar também. Mas mesmo se desistimos da caminhada, vale o conhecimento de que este não era o nosso caminho!